Notícias

Cirurgia plástica reconstrói mama

By 21 de setembro de 2013 Nenhum comentário

Nove mulheres já tiveram suas mamas reconstruídas pós câncer esta semana e uma realiza o procedimento cirúrgico hoje, 11, quando então se conclui a ação humanitária de cirurgias plásticas reconstrutivas promovida pela Sociedade de Cirurgia Plástica de Sergipe (SBCP/SE).

Por: JornaldaCidade.Net

Nove mulheres já tiveram suas mamas reconstruídas pós câncer esta semana e uma realiza o procedimento cirúrgico hoje, 11, quando então se conclui a ação humanitária de cirurgias plásticas reconstrutivas promovida pela Sociedade de Cirurgia Plástica de Sergipe (SBCP/SE). A iniciativa pioneira no Estado, que abre a 28ª Jornada Norte-Nordeste de Cirurgia Plástica, busca proporcionar o retorno da autoestima de mulheres carentes submetidas a mastectomia (retirada da mama total) de uma das mamas, possibilitando-as ter uma vida normal. Hoje pela manhã, o coordenador das ações humanitárias em todo o Brasil, Pedro Martins, e o presidente da SBCP/SE, Marcelo Pinheiro, realizam coletiva no Hospital Izabel para divulgar o balanço das dez cirurgias no Estado, cumprimentar as equipes médicas envolvidas e anunciar uma nova edição da iniciativa.

inc_thumb3

 

Encaminhadas pelas sociedades de Mastologia e Oncologia à SBCP/SE, as dez pacientes, nove de Aracaju e uma de Santana do São Francisco, têm idade entre 32 e 50 anos e já retiraram as mamas há mais de três anos. “Em pacientes com mastectomia recente não é possível fazer a reconstrução por conta da paciente, muitas vezes, ainda estar submetida à quimioterapia ou radioterapia. Isso atrapalha, pois a saúde fica debilitada. Diante disso, nos foi encaminhada uma lista de pacientes e fizemos a avaliação chegando a essas dez, sendo que nove já fizeram a cirurgia e uma acontece hoje. As que já passaram pela cirurgia estão se recuperando bem”, afirmou.

Realizadas nos hospitais Santa Izabel, Universitário, Primavera e São José, as cirurgias têm duração de quatro a cinco horas e utilizam três formas de reconstrução mamária. “As reconstruções foram feitas utilizando tecidos do abdome (TRAM), das costas (Grande Dorsal) e expansores de pele, com programação para, em outra data, fazer a simetrização das mamas e reconstrução da aréola e do mamilo. Conta com dez equipes, formadas por dois a três médicos, e embora esta seja a primeira ação humanitária que ganha uma dimensão maior, já foram feitas outras reconstruções no Estado para atender mulheres carentes”, frisou Marcelo Pinheiro.

Segundo ele, o objetivo é fazer com que a cada ano sejam realizadas edições da ação humanitária promovida pela SBCP/SE. “Queremos dar continuidade a essa iniciativa, proporcionando a cirurgia a cada vez mulheres que foram submetidas à mastectomia”, declarou.

 

Jornada Norte Nordeste

A 28ª Jornada Norte Nordeste de Cirurgia Plástica acontece de 12 a 14, no Radisson Hotel Aracaju, onde estarão reunidos cirurgiões plásticos de todo o Brasil. Na oportunidade, o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, José Horário Aboudib, irá abordar temas como o número de cirurgias plásticas realizadas no País e a liderança das cirurgias reconstrutivas por mulheres vítimas do câncer e das violências urbana e doméstica.

 

Leia a matéria