Notícias

6 dicas para fazer Cirurgia Plástica depois de reduzir muito peso

By 16 de dezembro de 2014 Nenhum comentário

Depois de uma longa luta contra o excesso de peso você consegue, finalmente, chegar ao seu objetivo. Seja por meio de dieta combinada a exercícios físicos ou cirurgia bariátrica, não importa. O caminho foi árduo, mas os resultados foram atingidos.

No entanto a conquista agora coloca um novo desafio: o excesso de pele que restou após a redução drástica de peso. Por isso separamos algumas dicas importantes para quem está considerando realizar uma cirurgia plástica de contorno corporal após grande perda de peso saber se é um bom candidato ao procedimento:

1) Peso estável: é preciso que não ocorra mais variação de peso por pelo menos seis meses antes da cirurgia. O ideal é que o paciente espere por dois anos, aproximadamente, antes de fazer o procedimento. Isso dará tempo para a pele diminuir o máximo possível e a nutrição ser estabilizada e otimizada, fatores que ajudarão na recuperação.

2) Boa saúde: o paciente não deve ter nenhum problema médico crônico, como diabetes ou doenças no coração. Pessoas nessas condições não são bons candidatos ao procedimento. É preciso ter a aprovação do médico que acompanha a sua saúde.

3) Dieta saudável: se alimentar corretamente é importante. Isso evita que o paciente tenha deficiências nutricionais que possam prejudicar o pós-operatório. O ideal é checar com seu médico sua condição.

4) Não fume: o tabagismo prejudica o processo de recuperação e aumenta o risco de intercorrências durante e após a cirurgia. Se o paciente for fumante, deve parar pelo menos seis semanas antes do procedimento ser realizado.

5) Mente forte: a cirurgia de contorno corporal exige paciência e perseverança. É importante que o paciente esteja preparado para enfrentar todas as etapas da operação.

6) Expectativas reais: a cirurgia trará benefícios para seu contorno corporal, mas nunca poderá dar ao paciente um corpo igual a um que não tivesse ganhado tanto peso e nem um equivalente ao de juventude. É preciso entender que o procedimento também não evita o envelhecimento natural do corpo e a conseqüente perda de firmeza da pele.

Com informações do Smart Beauty Guide. Leia aqui o material completo (em inglês).