Notícias

7 dicas cruciais para uma cirurgia plástica mais segura

By 16 de março de 2015 Nenhum comentário

“Cirurgia Plástica não é algo corriqueiro e ainda assim milhares de pessoas estão se colocando em sério risco ao se apressarem e se submeterem a procedimentos de maneira irresponsável, sem se preocupar com sua própria segurança. Na verdade, muitas pessoas gastam mais tempo para escolher um eletricista do que um cirurgião”.

A declaração acima é do presidente da British Association of Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgeons (BAPRAS), que após realizar um levantamento que mostrou dados preocupantes, lançou uma campanha de conscientização para que o público entenda a importância de contar com um cirurgião plástico qualificado.

O jornal britânico Telegraph, que entrevistou o presidente da BAPRAS, aproveitou para listar algumas dicas que vão além da escolha do cirurgião plástico e também são importantes para uma cirurgia plástica mais segura. Veja:

717

– Certifique-se de que o local onde o procedimento será realizado é credenciado e capaz de oferecer as condições ideais para o procedimento.

– Pergunte ao cirurgião plástico sobre sua certificação, sobre sua experiência, sobre o procedimento e sobre possíveis riscos. Todos os cirurgiões plásticos deverão estar aptos a discutir as possibilidades com seus pacientes e dar tempo hábil ao paciente para que ele reflita sobre as possibilidades.

– É crucial que as pessoas candidatas a cirurgia saibam de todos os possíveis riscos da cirurgia plástica em questão antes de se submeter a ela.

– Os pacientes devem confirmar antes se seus cirurgiões plásticos poderão recebê-los para todas as consultas de pós-operatório e que há um número de contato direto para casos de emergência.

– A mesma instalação onde o procedimento foi realizado deve oferecer os cuidados pós-operatórios imediatamente e deve ser capaz de lidar com qualquer complicação.

– As pessoas devem pesquisar na internet, mas devem ficar atento com sites bonitos e chamativos. A qualidade do site não é necessariamente condizente com a do cirurgião plástico.

– Cuidado com procedimentos baratos, que muitos pacientes tendem a escolher sem ao menos pensarem nos motivos que o tornaram baratos. Pode ser tentador pensar apenas nos resultados finais, acreditando em tudo o que se lê e deixando de lado a checagem necessária.

 

Com informações do Telegraph. Leia o original em inglês aqui.