Notícias

“Brincadeira”, #kyliejennerchallenge pode deixar boca deformada pelo resto da vida

By 7 de maio de 2015 Nenhum comentário

Você já ouviu falar do #KylieJennerChallange? Esta hashtag esteve entre os principais assuntos em redes sociais nos últimos dias e convoca as pessoas a aumentarem seus lábios e ficarem parecidas com a celebridade americana (você pode ler mais aqui).

Conversamos com cirurgiões plásticos associados à SBCP para compreender o que pode acontecer com quem resolve participar da brincadeira, que pode custar muito caro.

737

Danos para a vida inteira
Quem participa do #KylieJennerChallenge está sujeito a problemas permanentes. De acordo com as Dras. Eliza Minami e Alessandra Grassi Salles, cirurgiãs plásticas associadas à SBCP, os problemas vão desde os inchaços passageiros – que podem durar de horas a dias – até danos permanentes causados pela repetição crônica da “brincadeira”.

A sucção de copos e garrafas proposta pode causar hematomas severos, ferimentos, cicatrizes, infecção e assimetria nos lábios. “A inflamação crônica causada pela repetição pode levar ao desenvolvimento de fibroses internas e a deformação da região”, alerta a Dra. Alessandra.

Como o lábio é uma região muito vascularizada, a pressão a vácuo causada pela sucção pode provocar alterações na irrigação da região. “O sangue não consegue ter seu fluxo normal, devido à compressão local, causando um inchaço e podendo até levar a uma dilatação dos vasos (varizes) e flacidez no local”, explica a Dra. Eliza.

Cirurgia Plástica
As duas cirurgiãs concordam que é preciso procurar um cirurgião plástico especialista para remodelar os lábios, se este for mesmo o desejo da pessoa. Os procedimentos recomendados são: aplicação de ácido hialurônico – minimamente invasivo, seguro e com efeito temporário – ou a injeção de gordura no local, uma técnica cirúrgica de caráter definitivo.

“O preenchimento labial é um tratamento realizado com muita frequência nos consultórios. Podemos obter resultados de lábios naturais e com harmonia com o rosto”, afirma a Dra. Eliza. Clique aqui para saber mais sobre este procedimento.

Outro ponto destacado tanto por Eliza como Alessandra é a total proibição de preenchedores definitivos ou inabsorvíveis, como metacrilato, polimetacrilato (PMMA), hidrogel de poliamida e silicone. “Eles podem causar um endurecimento no lábio e o resultado é irreversível”, explica Eliza. “A SBCP contraindica estas substâncias. Mesmo que não apresentem efeitos adversos logo após a aplicação, os problemas podem aparecer até anos depois”, completa Alessandra.

Padrão de beleza?
Toda esta mobilização alerta, mais uma vez, para a padronização da beleza e da busca inconseqüente pelo visual “perfeito”. No entanto, a beleza está justamente no que nos torna únicos.

“A boca dos outros pode não ficar boa em você”, afirma a Dra. Alessandra, antes de completar: “As pessoas precisam achar a beleza nelas mesmas, devem esquecer que devem ficar parecidas com tal ou qual celebridade”, completa.

A Dra. Eliza ressalta que o belo está na harmonia e na naturalidade. “Cada um tem sua beleza, não devemos ser todos iguais. Não devemos procurar estereótipos de beleza e achar que todos devem ter o mesmo tamanho de lábio ou mamas, ter o mesmo corte de cabelo. O que importa é se sentir bem consigo mesma”, afirma a cirurgiã plástica.

E você, o que acha? Comente!

Crédito da foto: Steven Depolo (via Flickr / CC BY 2.0)