Notícias

7 de dezembro: Dia Nacional do Cirurgião Plástico

By 7 de dezembro de 2016 Nenhum comentário

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica usa data para conscientizar sobre os riscos de realizar procedimentos com não especialistas

Um levantamento solicitado pela SBCP afirma que 63% dos processos jurídicos por erro médico em cirurgia plástica envolvem médicos não especialistas, deste total, 70% são condenados. Para prevenir novos casos, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, em comemoração ao Dia Nacional do Cirurgião Plástico, alerta a população para a importância da escolha correta de um profissional que seja especialista em cirurgia plástica. A data foi escolhida em alusão ao dia de fundação da Sociedade, em 7 de dezembro de 1948.

Para o presidente da SBCP, Luciano Chaves, “é injustificável que um paciente queira realizar um procedimento de cirurgia plástica com um médico não especialista”. Segundo estimativa da SBCP, existem 12.000 médicos não especialistas atuando em cirurgia plástica. “Para cada cirurgião plástico habilitado para realizar procedimentos na especialidade, existem dois oferecendo plásticas estéticas, especialmente lipoaspiração, sem ter formação para fazer a cirurgia”, completa.

As consequências em realizar uma cirurgia plástica com um não especialista podem variar entre sequelas, muitas vezes irreversíveis, paralisação de um membro, necrose de tecidos ou até levar o paciente à morte. Além de ser formado em medicina, o cirurgião plástico precisa cursar dois anos de cirurgia geral e três anos de especialização em cirurgia plástica. Por isso, somente um médico especializado está habilitado para realizar qualquer procedimento cirúrgico com a segurança necessária ao paciente.

Em 2015 foram realizadas 1,5 milhão de cirurgias plásticas no país. Deste total, 900 mil procedimentos foram estéticos. Por isso, Luciano alerta àqueles que querem realizar alguma cirurgia plástica, sobre a necessidade de se informar antes e buscar um profissional especializado para atender.

No site da SBCP é possível localizar todos os especialistas em cirurgia plástica do país. Basta acessar www.cirurgiaplastica.org.br ou baixar gratuitamente o aplicativo na Google Play ou Apple Store. “O objetivo maior da Sociedade é levar para a população informação, esclarecimento”, conclui Luciano. A “Pesquisa Jurídica”, sobre intercorrências em cirurgia plástica, foi publicada na edição especial da Revista Brasileira de Cirurgia Plástica sobre segurança do paciente, divulgada durante o 53º Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica no mês de novembro.