Monthly Archives

janeiro 2021

Harmonização facial: o que é e por que está tão em alta

By | Notícias | Nenhum comentário

Saiba no que consiste o tratamento estético que caiu no gosto das celebridades e os riscos quando há excessos

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos que tem como objetivo melhorar o equilíbrio estético da face. Especialistas explicam que, longe de buscar uma padronização, o tratamento tende a valorizar as características de cada um para que o resultado seja natural. A toxina botulínica, o popular Botox, e o preenchimento são as técnicas mais utilizadas nos processos de harmonização. Inclusive, são os procedimentos estéticos não cirúrgicos mais procurados no país, segundo ranking da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. A toxina botulínica consiste em suavizar rugas e sinais de expressão por meio da paralisia controlada da musculatura. Já o preenchimento proporciona volume em determinadas áreas do rosto, preferencialmente por meio da aplicação de ácido hialurônico. Pode ser utilizado, tanto para corrigir flacidez e perda de sustentação, que são processos naturais com o passar dos anos, como para melhorar traços da face. Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Dênis Calazans, a rápida recuperação é uma das razões para que as harmonizações faciais estejam tão em alta.

“Ela [harmonização] deve ser empregada com muito cuidado, com muito conhecimento anatômico para que o que seria um simples tratamento acabe se tornando uma grave complicação e muitas vezes com sequelas, e sequelas irreparáveis. Nunca se guie por um tratamento médico por um modismo, e sempre pela assistência de um profissional qualificado. O número de seguidores em mídias sociais ou o número de likes em determinados posts nunca foi atestado de competência profissional”, orienta. O cirurgião plástico alerta, ainda, que, como qualquer tipo de tratamento, há riscos de complicações, como necrose, embolia e infecções. E que, por isso, a recomendação é que seja realizado por médicos, como cirurgiões plásticos ou dermatologistas. Entretanto, profissionais de outras áreas, como biomédicos e farmacêuticos, ambos com especialidade em saúde estética, e cirurgiões-dentistas também estão habilitados pelos conselhos profissionais a realizarem o procedimento. E embora não seja uma técnica cirúrgica, muito cuidado! Excessos podem deformar a aparência. Respeitar as próprias características é fundamental para que se chegue a um resultado natural e harmonioso. Tá Explicado?

Fonte: Jovem Pan – https://jovempan.com.br/videos/programas/ta-explicado/harmonizacao-facial-o-que-e-por-que-esta-tao-em-alta-ta-explicado.html

Aumentou o número de cirurgias plásticas em adolescentes. Será mesmo?

By | Notícias

Cirurgia plástica é um assunto que gera muito interesse nas pessoas, por isso, o tema está sempre em voga na imprensa.

Mas, no meio de tanta informação divulgada, é preciso ficar atento, pois nem tudo o que é publicado é verdade. Recentemente, dezenas de publicações divulgaram o aumento no número de cirurgias plásticas em adolescentes, citando inclusive, um aumento de 141% em dez anos e creditando esse dado a SBCP. Mas essa informação não é verdadeira.

Não tem como saber como essa informação surgiu, assim como muitos boatos na internet. Alguém publica uma notícia e outros veículos, sem checar a sua veracidade, replicam e assim se difunde uma fake news. Todas as pesquisas referentes a cirurgia plástica no Brasil, realizadas pela SBCP estão disponíveis e acessíveis a toda a população no site www2.cirurgiaplastica.org.br/pesquisas. No período de 2009 e 2020, a SBCP produziu quatro pesquisas, referentes aos anos de 2007/2008, 2014, 2016 e 2018.

LER MATÉRIA COMPLETA NO BLOG SBCP

NOTA À IMPRENSA

By | Nota

Considerando o lamentável incidente em procedimento cirúrgico envolvendo a Sra. L.A., ocorrido, segundo informações veiculadas na imprensa, em 24/janeiro/2021, em Juazeiro do Norte-CE, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, manifesta-se com o que segue:

Solidarizamo-nos com a família enlutada.

O entendimento e orientação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) é pelo fiel cumprimento de normas e critérios científicos que maximizem a segurança do paciente. A Resolução nº 1711/2003 do Conselho Federal de Medicina pontua com clareza os parâmetros técnicos para realização do procedimento cientificamente reconhecido como lipoaspiração, no arsenal de tratamentos da Cirurgia Plástica, enquanto especialidade médica.

Portanto, no contexto relacionado às boas práticas médicas, prezamos pela formação científica, fiscalizações, educação médica continuada, com destaque ao elevado respeito e segurança do paciente.

De mesmo modo é preciso ponderar que não se pode negar a existência de riscos inerente ao exercício da Medicina, já que o médico trabalha com margens de previsibilidade em terreno conjectural. Ainda que todas as regras da lex arts sejam criteriosamente cumpridas dentro da ética e zelo profissional, insucessos podem ocorrer por fatores imprevisíveis que fogem ao controle do médico e da Medicina.

Entretanto, a análise da conduta profissional, dos fenômenos orgânicos da paciente, somados às condições estruturais na realização do procedimento elencado, é que trarão uma razão de juízo acerca de causas e efeitos de cada caso concreto. Para tanto, órgãos e autoridades oficiais, são investidos de poderes na emissão de pareceres técnicos fundamentados.

Tem-se por óbvio que qualquer pré-julgamento acerca de fatos não comprovados, se trata de mera especulação e exploração sensacionalista de um momento delicado como tal. Isto posto a SBCP REPUDIA os termos apresentados pela Sra. Carla Lemos, em matéria intitulada “Morte de Liliane não é caso isolado: lipoaspiração está matando mulheres”, veiculada eletronicamente na coluna “Mulher sem vergonha”, do Universa/UOL, em 24/janeiro/2021 15h31.

Não obstante, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, aguarda o pronunciamento conclusivo dos órgãos oficiais acerca dos fatos, para que possa se manifestar tecnicamente sobre o ocorrido e, agir no âmbito de suas funções.

São Paulo, 25 de janeiro de 2021.
SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA PLÁSTICA

SBCP solicita a interdição de consultório de dentista de Santa Catarina

By | Notícias

Basta! SBCP solicita a interdição de consultório e instauração de processo ético-profissional contra dentista de Santa Catarina

Por SBCP

A Diretoria da SBCP segue atenta e pronta para novas ações jurídicas contra aqueles que sequer respeitam as resoluções de seus próprios Conselhos (a Resolução 230/2020 do Conselho Federal de Odontologia determinou que dentistas são proibidos de fazer e anunciar procedimentos cirúrgicos alheios à formação superior em Odontologia).

A SBCP judicializou contra o CREFITO-2

By | Destaque

Por SBCP

Processo n° 5001427-40.2021.4.02.5101 em curso à 24ª Vara Federal do Rio de Janeiro. Ação em defesa do ato médico e contra o novo acórdão 20/2020 que dispõe sobre o uso racional de substâncias e/ou medicamentos e procedimentos injetáveis pelo fisioterapeuta.

Seguiremos lutando pela saúde e segurança de cada paciente!

BLOG: Telemedicina e Cirurgia Plástica

By | Notícias

A adoção repentina da Telemedicina traz desafios de longo prazo. Especialistas debatem a legislação atual e oferecem dicas para os cirurgiões plásticos

Uma das transformações causadas pela pandemia de Covid-19 foi colocar a telemedicina em outro patamar. De um recurso utilizado de maneira extraoficial pelos médicos, seu uso virou uma necessidade quase que da noite para o dia. O estudo “Telemedicina e cirurgia plástica durante a pandemia: como o cirurgião plástico brasileiro utilizou teleconsultas e teleaulas”, cujo autor principal é o Dr. Rodolfo Costa Lobato com apoio da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e da Regional São Paulo, trouxe dados importantes sobre o tema. Os coautores do estudo são os cirurgiões plásticos Dr. Pedro Coltro, Dr. André de saúde. “Ainda que em caráter Cervantes, Dr. Rafael Denadai eDra. Maíra Scapolan.

Realizada entre 15 de junho a 8 de julho com a participação de mais de 900 associados da SBCP, a pesquisa mostrou que 43% dos cirurgiões plásticos brasileiros participantes iniciaram o uso da telemedicina, que a dificuldade para exame físico foi o maior limitante da consulta e que também foi a principal causa para aqueles que optaram por não realizar atendimentos via telemedicina. Quanto ao ensino online, mais de 90% dos cirurgiões plásticos têm assistido aulas à distância e pelo menos 70% pretende manter essa rotina.

LER MATÉRIA COMPLETA NO BLOG SBCP

Sanções Disciplinares

By | Nota

Em cumprimento ao artigo 73 do Estatuto da SBCP, que destina ao DEPRO, sempre com assessoria jurídica, instaurar sindicância e processo administrativo, providenciando a coleta de provas, tais como documentos, depoimentos, declarações e tudo mais considerado hábil e pertinente, devendo ao término encaminhá-lo à DIRETORIA NACIONAL, para fixação e aplicação de penalidade, com parecer conclusivo, tudo de acordo com o Regulamento de processo administrativo do DEPRO, a Diretoria Executiva aplica a decisão proferida pelo Departamento de Defesa Profissional (DEPRO). Dessa forma:

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, inciso III do Estatuto da SBCP) a Dra. CAREN TRISOGLIO GARCIA – Membro Aspirante da SBCP (responsabilizada por infração aos arts. 2, 5, 11, 19 e 20º do Regimento Interno da SBCP);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, inciso III do Estatuto da SBCP) o Dr. FABRICIO YUI – Membro Associado da SBCP (responsabilizada por infração aos arts. 2, 5, 11 e 20 do Regimento Interno da SBCP);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, inciso III do Estatuto da SBCP) o Dr. BRUNO PERES VIDAL – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração aos arts. 2, 5 e 11 do Regimento Interno da SBCP);

*****************************************************************************

Fica CENSURADA PUBLICAMENTE (art. 68, II Estatuto SBCP) a Dra. Ana Carolina Macedo – Membro Associada da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) a Dra. Viviane Borba Campos – Membro Associada da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. Glauco Soares Almeida – Membro Titular da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Fica CENSURADO PUBLICAMENTE (art. 68, II Estatuto SBCP) o Dr. Danillo Bomfim Dalul – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. Felipe Pozzebon Borges – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. Rogério dos Santos Ramos – Membro Titular da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. Wilian Pires de Oliveira Junior – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. Eduardo Rodrigues da Cunha Ferro – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr.  Moisés de Melo – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Fica CENSURADO PUBLICAMENTE (art. 68, II Estatuto SBCP) o Dr. Alan Landecker – Membro Titular da SBCP (responsabilizado por infração ao art.2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. Paulo Henrique Amorim Duarte – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 2º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o RICARDO ARAÚJO DE OLIVEIRA – Membro Titular da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 22º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. GUSTAVO DA COSTA MACHADO – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração aos arts. 2º e 11º);

*****************************************************************************

Terá SUSPENSÃO DE DIREITOS E PRERROGATIVAS PELO PERÍODO DE 6 (SEIS) MESES, COM PUBLICAÇÃO EM ÓRGÃO OFICIAL DA SBCP (art. 68, III Estatuto SBCP) o Dr. TIAGO SARMENTO SIMÃO – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração aos arts. 2º e 11º);

*****************************************************************************

Fica CENSURADO PUBLICAMENTE (art. 68, II Estatuto SBCP) o Dr. JORGE LUIZ VANZELLA SEBA – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração aos arts. 2º e 11º);

*****************************************************************************

Fica CENSURADO PUBLICAMENTE (art. 68, II Estatuto SBCP) o Dr. GERMANO ANDRIGHETTO DE LIMA– Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração aos arts. 2º e 11º);

*****************************************************************************

Fica CENSURADO PUBLICAMENTE (art. 68, II Estatuto SBCP) o Dr. DANILO ROBERTO DE MORAES FURLAN – Membro Associado da SBCP (responsabilizado por infração aos arts. 2º e 11º);

*****************************************************************************

Fica CENSURADO PUBLICAMENTE (art. 68, II Estatuto SBCP) o Dr. JOSÉ ANTÔNIO ENCINAS BERAMENDI – Membro Titular da SBCP (responsabilizado por infração ao art. 22º);

*****************************************************************************

* Artigo 2º – É vedado a todo o membro da SBCP exibir na imprensa leiga (jornal, revista, televisão, internet, etc.), vídeos, fotos de pré e pós¬-operatórios de seus pacientes ou outros, ou qualquer menção de imagem, mesmo que possuam autorização expressa do paciente para isso. Incluem-se nessa vedação fotos de partes ou do corpo inteiro do paciente. Também é vedado que o associado faça publicar na imprensa supra descrita foto sua, examinando o paciente.

* Artigo 5º – Todo o membro da SBCP deve observar o decoro da profissão, e evitar sua autopromoção (angariar clientela, fazer concorrência desleal) através de meios de sensacionalismo, sendo, portanto, vedado fazer constar seus endereços e telefones de consultório em entrevistas, comunicações, publicações de artigos e informações ao público em geral. Porém, poderá fazer menção de que é associado à SBCP e deverá fazer constar seu número de registro no Conselho Regional de Medicina (CRM).

* Artigo 11º – Nenhum associado da SBCP poderá apresentar na imprensa leiga, internet, ou outros meios publicitários, resultado de cirurgia realizada por ele ou outros profissionais.

*Artigo 19º – É expressamente vedado a todos os associados da SBCP oferecer, participar, divulgar planos financeiros para realização de cirurgia plástica, bem como beneficiar-se do encaminhamento de pacientes oriundos de planos e ou empresas de intermediação, financiamentos, consórcios ou similares, para cirurgia plástica. É vedado, da mesma forma, a vinculação do nome de qualquer associado da SBCP a empresas que fazem este tipo de planos.

*Artigo 20º – É vedado a todo associado da SBCP, anunciar, em mídia leiga, aparelhagem médica ou paramédica, produtos e técnicas de forma a que lhe atribua capacidade privilegiada.

* Artigo 22º – É vedado a todo associado da SBCP, participar (como organizador, docente, convidado ou outros) de eventos promovidos com objetivos de fomento de técnicas de cirurgia plástica, fundamentalmente direcionados à médicos ou paramédicos não especialistas pela SBCP, Ministério de Educação e Cultura (MEC) e/ou Associação Médica Brasileira (AMB) em Cirurgia Plástica. Excluem-se do caput deste Artigo, eventos oficiais de Sociedades de Classe (Nacionais e Internacionais) reconhecidas pela AMB e/ou SBCP.

Dr. FABRICIO YUI
LER MAIS
Dr. BRUNO PERES VIDAL
LER MAIS
Dra. CAREN TRISOGLIO GARCIA
LER MAIS
Dra. ANA CAROLINA MACEDO
LER MAIS
Dr. GLAUCO SOARES DE ALMEIDA
LER MAIS
Dr. DANILO BOMFIM DALUL
LER MAIS
Dr. FELIPE POZZEBON BORGES
LER MAIS
Dr. ROGERIO DOS SANTOS RAMOS
LER MAIS
Dra. VIVIANE BORBA CAMPOS
LER MAIS
Dr. RICARDO ARAÚJO DE OLIVEIRA
LER MAIS
Dr. MOISÉS DE MELO
LER MAIS
Dr. PAULO HENRIQUE AMORIM DUARTE
LER MAIS
Dr. JORGE LUIZ VANZELLA SEBA
LER MAIS
Dr. TIAGO SARMENTO SIMÃO
LER MAIS
Dr. GUSTAVO DA COSTA MACHADO
LER MAIS
Dr. GERMANO ANDRIGHETTO DE LIMA
LER MAIS
Dr. JOSÉ ANTÔNIO ENCINAS BERAMENDI
LER MAIS
Dr. DANILO ROBERTO DE MORAES FURLAN
LER MAIS
Dr. ALAN LANDECKER
LER MAIS
Dr. EDUARDO RODRIGUES DA CUNHA FERRO
LER MAIS
Dr. WILIAN PIRES DE OLIVEIRA JUNIOR
LER MAIS