All Posts By

admin

Época em que mais ocorrem acidentes com queimaduras, presidente da SBCP alerta sobre falta bancos de pele no país

By | Notícias

Por SBCP

Em junho, com as festividades juninas e tradições de queima de fogos e fogueiras, aumentam os casos de queimaduras no país. Quando a área queimada é muito grande e não é possível utilizar a pele do próprio paciente (autoenxerto), realiza-se o transplante de pele (aloenxerto), caso exista essa possibilidade. Isso porque o Brasil conta com apenas quatro deles: Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro e o estoque não é suficiente para atender a demanda nacional.

O Dr. Níveo Steffen, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e autor do livro “Manual Para Implantação de Banco de Pele Humana no Brasil”, afirma que o número de Bancos de Tecidos Pele no Brasil é muito pequeno e, considerando o baixo valor dos aloenxertos, “Seria muito importante que novos Bancos de Pele fossem abertos em todos os Estados da Federação, o que determinaria uma melhora significativa ao atendimento de pacientes queimados, minimizando o sofrimento e o quadro de dor, proporcionando em casos graves a manutenção da vida”, explica.

Realizado em casos de queimaduras graves, o transplante de pele pode ser decisivo para a sobrevivência do paciente. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2017 a estatística anual de queimaduras era de aproximadamente um milhão. Em muitos desses casos, as vítimas são crianças com até 14 anos.

COMO É REALIZADO O TRANSPLANTE DE PELE?

O tecido aplicado no paciente funciona como um curativo biológico. Após a retirada da pele lesada (desbridamento) é realizado o transplante que irá substituir os tecidos carbonizados e mortos que foram retirados. “Essa nova pele proporciona alívio da dor e melhora clínica do paciente”, afirma Steffen. Em aproximadamente duas semanas, essa pele transplantada será eliminada pelo organismo, mas, neste estágio, já é possível utilizar a pele do próprio paciente para a cobertura das áreas queimadas.

CASOS HISTÓRICOS

Em 1961, em um dos maiores incêndios já ocorridos no Brasil, do Gran Circo Norte-Americano, em Niterói, o Brasil contava apenas com um Banco de Pele em São Paulo, da Unidade de Queimaduras do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Todo o estoque foi enviado para o atendimento das vítimas, mas não foi suficiente e a maioria da pele transplantada veio dos Estados Unidos.

Em 2013, o Banco de Tecidos da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, RS, fundado em 2005, foi fundamental para o atendimento das centenas de queimados em um incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria. Esse mesmo Banco enviou peles para o tratamento das vítimas do incêndio em uma creche de Janaúba, Minas Gerais, em 2017, que deixou 13 mortos e mais de 40 feridos.

SOBRE A SBCP

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica foi fundada em 1948, em São Paulo, com o objetivo de promover e aprimorar o estudo da cirurgia plástica no Brasil. Hoje, a SBCP é composta por aproximadamente 6.500 cirurgiões plásticos, entre titulares, associados e aspirantes a membros. Presente em todo o País, a SBCP possui regionais em 19 capitais do País promovendo o avanço da especialidade em jornadas, simpósios e Congressos, estimulando a pesquisa científica e sua publicação para promover o intercâmbio entre especialistas brasileiros e estrangeiros, pautados na densidade científica sempre em busca da segurança do paciente.

INFORMAÇÕES A IMPRENSA
DECOM – SBCP

Raul Kury – (11) 99882-9039 – imprensa@cirurgiaplastica.org.br
Diego Garcia – (11) 96852-0217 – diego@cirurgiaplastica.org.br

BLOG: O diferencial competitivo será cocriar uma experiência única para o cliente paciente

By | Notícias

Uma das maiores operadoras de saúde do Brasil, anunciou no mês passado, que iria descredenciar alguns hospitais de sua rede de atendimentos. Dentre esses hospitais estariam os mais renomados do país.

O que muitos podem pensar é que o motivo dessa descredenciamento seria devido unicamente à problemas ou questões relacionadas ao resultado do serviço prestado. A questão é muito mais profunda e reflete um momento de mudança de mindset e de paradigma. Uma disruptura dos modelos de remuneração do sistema atual.

BLOG: Campanha de São João – Conscientização e prevenção de queimaduras

By | Notícias

A cirurgia reparadora representa papel fundamental no tratamento de queimados. O cirurgião plástico realiza desde pequenos curativos até tratamentos mais complexos como enxertos e transplantes de pele. A área de queimaduras é tão ampla e abrangente, que a SBCP possui um Capítulo totalmente dedicado ao aprofundamento do estudo de técnicas e tratamentos e sempre contempla o atendimento aos queimados nas ações humanitárias que realiza durante todo o ano, em diversas cidades do País.

LER MATÉRIA COMPLETA NO BLOG SBCP

BLOG: Obesidade é como um câncer

By | Notícias

“Um trabalho totalmente linear.” É dessa maneira que o presidente da International Federation for the Surgery of Obesity and Metabolic Disorders (IFSO), Almino Cardoso Ramos, faz um paralelo entre o trabalho do cirurgião bariátrico e do cirurgião plástico. O especialista recebeu a Plastiko´s em seu consultório e defendeu que o tratamento da doença crônica seja realizado de forma multidisciplinar e que a cirurgia plástica pós-bariátrica não pode, em hipótese alguma, ser confundida com uma cirurgia plástica estética. “Ela é reparadora, porque se dedica ao reparo das sequelas após um emagrecimento acentuado”, afirma o médico, ao defender a imediata cobertura dos planos de saúde e atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) para esses pacientes.

LER MATÉRIA COMPLETA NO BLOG SBCP

BLOG: Pós-bariátrica em foco

By | Notícias

Era início dos anos 1990, o avanço tecnológico da cirurgia plástica se consolidava e o mundo via a obesidade se estabelecer como uma epidemia globalizada, com o Brasil ocupando uma das posições de liderança nessa indesejada lista. Foi em meio a esse cenário que a cirurgia plástica pós-bariátrica ganhou força e atraiu a atenção de especialistas do País inteiro, que lotaram a sala, até com cirurgiões sentados no chão, do primeiro curso do Capítulo de Pós-Bariátrica, no 42º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica, realizado em 2005, em Belo Horizonte (MG). Um procedimento que sequer existia há 30 anos dominou a especialidade na última década do século 20 e foi pano de fundo para a evolução técnica dos cirurgiões brasileiros, que tinham nas mãos a importante missão de devolver a autoestima para pacientes recém-submetidos à cirurgia bariátrica.

Os anos se passaram e a obesidade se agravou, tornando-se um dos maiores problemas de saúde pública do planeta: a Organização Mundial da Saúde (OMS) projeta que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estarão com sobrepeso no mundo (hoje, mais de 700 milhões de pessoas estão obesas). A estimativa leva em conta que, somente em 2017, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), 105.642 cirurgias bariátricas foram realizadas em todo o território nacional. O cálculo da demanda considera que o paciente, após ser submetido à bariátrica, precisa fazer, em média, duas cirurgias pós-bariátricas. Uma demanda que chega a 200 mil operações por ano em todo o País. Se feita uma proporção, esses números gerariam uma demanda de aproximadamente 550 cirurgias plásticas pós-bariátricas por dia no Brasil.

LER MATÉRIA COMPLETA NO BLOG SBCP

Eleições 2019

By | Destaque

Aos Membros Titulares da SBCP

Prezados Colegas,

O senhor Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Dr. Níveo Steffen, obedecendo ao disposto no Artigo 6º, parágrafo único do Regulamento de Organização Eleitoral da S.B.C.P., comunica que a partir do dia 03 de junho de 2019, estará aberto o processo eleitoral para eleições das Diretorias Regionais e Nacional da SBCP, para o biênio 2020/2021.

Os registros de chapas deverão ser enviados para Secretaria Geral da SBCP, a partir da data de abertura do processo 03/06/2019, até a data limite de 03/07/2019, quando este prazo estará encerrado.

Para garantir o recebimento de informações, instruções e demais materiais relativos ao processo eleitoral, é imprescindível que mantenham o endereço de correspondência e de e-mails, devidamente atualizados junto à SBCP.

Vale ressaltar ainda, que conforme estabelece o Regulamento Eleitoral, somente terão direito a voto ou concorrer a cargos para Diretorias Regionais ou Nacional, os Membros Titulares que estiverem quites com suas anuidades junto a Tesouraria da SBCP, até a data da abertura do
processo Eleitoral, qual seja: 03/06/2019.

Abaixo, calendário com as datas para sua programação:

CALENDÁRIO ELEITORAL 2019
03/06/2019 (segunda-feira) ABERTURA DO PROCESSO ELEITORAL
03/07/2019 (quarta-feira) Prazo final para REGISTRO DAS CHAPAS
A partir de 15/07/2019 (segunda-feira) REMESSA DO MATERIAL ELEITORAL AOS TITULARES – VIA CORREIO
06/09/2019 (sexta-feira) APURAÇÃO DOS VOTOS

Finalizado o prazo para registro e validação das chapas concorrentes, a SBCP enviará informativo para todos os membros titulares com direito a voto, contendo todas as chapas inscritas, além da cédula eleitoral e instruções para votação.

Todo material será postado para o endereço de correspondência registrado na SBCP, por isso reiteramos a importância de mantê-lo atualizado.

Para garantir que seu voto chegue a tempo na caixa postal, é importante devolver a cédula eleitoral devidamente preenchida aos correios, com a maior brevidade possível.

A apuração dos votos, conforme estabelece o calendário, será no dia 06 de setembro de 2019, na sede da SBCP-Nacional, situada na Rua Funchal, nº 129 – 2º andar, no bairro Vila Olímpia, em São Paulo.

O Regulamento de Organização Eleitoral, assim como os modelos de Carta de Anuência, Requerimento de inscrição de Chapa Regional e Nacional, além do Calendário Eleitoral, encontram se disponíveis no portal da SBCP: www.cirurgiaplastica.org.br, mas caso prefira, também poderá solicitá-los à Secretaria Geral por telefone (11) 3044-0000 ramal 1, ou através do e-mail: eleicoes@cirurgiaplastica.org.br.

Esclarecimentos necessários, deverão ser enviados diretamente à Comissão de Organização Eleitoral – Nacional (COE-N), composta pelos membros abaixo listados, através do e-mail especifico: eleicoes@cirurgiaplastica.org.br.

Composição da COE-N
o Benjamin de Souza Gomes Filho – Coordenador
o Claudia Nunes Machado
o Evandro Balthazar da Silveira Trocoli

Atenciosamente,
Dr. Níveo Steffen


Presidente
Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO CHAPA
SBCP NACIONAL 2020-2021

ARQUIVOARQUIVO

REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO CHAPA
SBCP REGIONAL 2020-2021

ArquivoArquivo

CARTA DE ANUÊNCIA
SBCP 2020-2021

ArquivoArquivo

BLOG: Dr. Fahd Benslimane participa da 35ª Jornada Sul Brasileira

By | Notícias

De passagem rápida pelo Brasil, o Dr. Fahd Benslimane, do Marrocos, foi um dos destaques do primeiro dia da 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica, realizada nos dias 25, 26 e 27 em Curitiba, PR. Se formou em Cirurgia Plástica no Rio de Janeiro com o Dr. Ivo Pitanguy, de 1989 a 1991, e já esteve outras vezes no Brasil para realizar palestras, trocar experiências com colegas brasileiros e apresentar seus estudos.

LER MATÉRIA COMPLETA NO BLOG SBCP

Mais de 100 pacientes são beneficiados em Ação Humanitária no Paraná

By | Ação Humanitária

Durante o dia 24 de abril várias equipes de cirurgia plástica participaram voluntariamente do V Mutirão Paranaense de Cirurgia Plástica

Por SBCP

Realizado em cinco hospitais de Curitiba, um hospital em Londrina e um hospital em Ponta Grossa. Ao todo foram 107 pacientes beneficiados com cirurgias diversas como correção de deformidades congênitas da face, sequelas de queimaduras, reconstrução de mama, tumores de pele e reconstrução palpebral. Todos os pacientes aguardavam na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) para realizar a Cirurgia Plástica reparadora.

Realizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), sua Regional Paraná (SBCP-PR) e Fundação IDEAH-SBCP, a Ação Humanitária precede a 35ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica, que acontecerá em Curitiba entre 25 e 27 de abril. Na capital paranaense, 101 cirurgias foram realizadas no Hospital do Trabalhador, Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, Hospital Cajuru – Santa Casa, Hospital Erasto Gaertner e Hospital São Vicente.

Além de Curitiba, foram realizadas cinco cirurgias para remoção de tumores de pele no Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina, no norte do Paraná, e na Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, uma criança de seis anos passou pelo procedimento de reconstrução palpebral – ele não apresenta oclusão palpebral desde o nascimento e já estava evoluindo com úlcera de córnea e perda progressiva da visão.

Uma comitiva formada pelo presidente da Fundação IDEAH, Dr. Pedro Martins, o presidente da Regional Paraná, Dr. Luciano Busato e o Coordenador do Departamento de Ação Social da SBCP, Dr. Victor Adissi, visitaram os hospitais de Curitiba que participaram da Ação. Confira as fotos abaixo.

Comitiva reunida no Hospital do Trabalhador – CAIF

Equipe do Hospital do Trabalhador – CAIF

Equipe do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie

Equipe do Hospital Cajuru – Santa Casa

Equipe do Hospital Erasto Gaertner

Equipe do Hospital São Vicente

Dr. Eduardo Nascimento Silva da Santa Casa de Ponta Grossa

Cursos: Face Periorbital Nariz

By | Congresso

Em 2019, a SBCP trará um novo Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica para proporcionar a você, colega Cirurgião Plástico, mais uma grande experiência científica.

Teremos, entre outras novidades, três grandes cursos: Face, Órbito-palpebral e Nariz. Os inscritos até 30/05 poderão escolher um desses cursos para participarem gratuitamente.