Archive: junho, 2014

Pós-operatório: quando é possível retomar a vida sexual?

Realizar uma cirurgia plástica é o desejo de muitas pessoas. Algumas querem recuperar aspectos funcionais do corpo enquanto outras têm como objetivo elevar e renovar a auto estima. Em ambos os casos é comum sentir durante o pós-operatório uma ansiedade que tem relação direta ao novo visual: vontade de ter relações íntimas. Então, a pergunta que fica é quando é possível voltar a desfrutar destes momentos?

 

O sexo é uma atividade vigorosa. A maioria dos médicos recomenda um período de repouso mínimo de três semanas antes de realizar qualquer atividade intensa. Isso ajuda a melhorar recuperação do corpo. Dependendo do caso e da complexidade da cirurgia plástica, o tempo pode aumentar bastante e chegar a dois meses. Depois disso a única pessoa capaz de determinar se o momento adequado chegou é o próprio paciente, mas é sempre conveniente conversar com o responsável pela cirurgia.

 

260-BX

 

A mamoplastia de aumento é uma das cirurgias que mais despertam essa ansiedade pelo retorno dos momentos de intimidade. “O seu corpo avisará o que é possível fazer ou não após algumas semanas de repouso”, explica um especialista consultado pelo site Real Self. No entanto lembre-se sempre de conversar com seu cirurgião antes de tomar qualquer atitude, afinal de contas cada caso é um caso!

 

Manter relações sexuais antes do período determinado pelo cirurgião é um risco para o paciente e pode, inclusive, acabar exigindo uma nova cirurgia por causa de sangramentos.

 

Uma pesquisa do Aesthetic Surgery Journal revelou que as cirurgias plásticas melhoram a vida sexual. Das mulheres que participaram da pesquisa, 95% afirmaram que a auto imagem corporal melhorou após os procedimentos – independentemente do tipo. Já 80% das pacientes que realizaram mamoplastia de aumento disseram que sua satisfação com sua vida sexual aumento e 50% disseram ter melhorado sua capacidade de atingir orgasmos.

 

Algumas dicas para quem deseja retomar a vida íntima:

 

1-      Com gentileza é melhor;

2-      Se doer, pare. Não ultrapasse os limites e converse com o cirurgião plástico para relatar desconfortos ou algo incomum.

3-      Mantenha a língua e outras partes corporais afastadas das incisões e cicatrizes para evitar infecções.

4-      Se for uma segunda cirurgia, espere o dobro de tempo antes de retomar a vida sexual.

 

Fonte: Real Self. Leia o post original aqui (em inglês).

5 benefícios da meditação para a mente e a saúde

Você acha que meditar está além da sua capacidade? Sua mente nunca se acalma e você está sempre inquieto? Saiba que isso é normal e que a única forma de conseguir meditar é continuar tentando até conseguir silenciar e limpar sua mente. O segredo é não desistir!

 

245

 

O site EmpowHER  mostrou alguns benefícios da meditação, um em especial: a mudança na forma de pensar. De acordo com a Dra. Daemon Jones, a mente humana está acostumada a enxergar as coisas a partir de um ponto de vista negativo. Segundo a médica, isso é um padrão desenvolvido pelas pessoas ao longo da evolução para se proteger de situações ameaçadoras.

 

A meditação é a melhor forma de alterar esse tipo de pensamento, criando espaço para pensamentos positivos e criatividade. Além disso, há benefícios físicos e para a saúde em geral:

 

- Diminuição da ansiedade, preocupação e depressão.

- Diminui a liberação de hormônios do estresse.

- Melhora a qualidade e a quantidade do sono.

- Reduz a pressão arterial e o nível de colesterol.

- Melhora a capacidade imunológica.

 

“Não se preocupe se você está fazendo certo ou não. Apenas comece a fazer”, diz Dra. Daemon. A médica oferece um guia com passos e dicas para começar.

 

E então, o que está esperando para começar a meditar?

 

Com informações do site EmpowHER. Leia o post original aqui (em inglês).

 

Crédito da foto: Moyan_Brenn DeLight (back again) via Compfight cc

Fraturas faciais causadas pelo futebol podem gerar problemas funcionais

O futebol é quase sempre motivo de alegria, mas também pode ser fonte de problemas. Um estudo recente conduzido nos hospitais universitários da USP e da UNIFESP aponta que as fraturas faciais causadas durante a prática do esporte são mais graves do que se imagina e podem ter conseqüências graves.

 

244-2

 

Apesar da maioria das lesões serem de natureza ortopédica, a falta de proteção da face torna o local vulnerável a problemas. Uma outra pesquisa apontou que 73,9% dos casos de cirurgia facial realizadas por lesões e fraturas durante a prática de esporte estão ligadas ao futebol, sendo que a maioria foi causada por impactos entre cotovelos e cabeças de jogadores.

 

O problema apontado no estudo é que muitas vezes o diagnóstico inicial não identifica a fratura facial. Isso pode atrasar o tratamento adequado e gerar deformidades faciais e problemas funcionais, como na respiração nos casos de fratura de nariz – o tipo de problema mais comum. No entanto, fraturas na maçã do rosto, mandíbula, órbita também pode ter conseqüências graves.

 

Portanto, lembre-se: bola no pé é alegria, mas tenha cuidado na hora de praticar esportes e, caso sofra alguma lesão, procure um médico e investigue adequadamente o problema para evitar complicações maiores!

 

Descubra mais sobre lesões faciais no site da SBCP.

 

Leia o estudo completo sobre traumas faciais e futebol aqui.

 

Crédito da foto: joncandy via Compfight cc

Homens buscam mais cirurgias plásticas

Alguns desejam elevar a autoestima, outros querem continuar competitivos no mercado de trabalho e há os que pretendem ficarem parecidos com astros e personagens do cinema. Não importa qual o motivo, a verdade é que o número de homens procurando cirurgia plástica aumentou.

 

241

 

Segundo a Sociedade Americana de Cirurgia Plástica e Estética (ASAPS, em inglês), entre 1997 e 2013 o número de lipoaspirações aumentou 106% e os homens representam 14% deste avanço. Cirurgiões que integram o site RealSelf, reconhecido pela própria ASAPS e pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética, também relatam o aumento no número de cirurgias deste tipo.

 

A competitividade no mercado de trabalho é um dos fatores que impulsionam este aumento. Para pessoas mais velhas que buscam colocação profissional a aparência pode ser determinante. Isso porque é comum a preferência por candidatos não apenas mais novos como com aparência jovial e em forma. Da mesma maneira que homens levam vantagens sobre mulheres no mercado de trabalho, os mais novos as têm sobre os mais velhos – duas coisas incorretas e que não deveriam ocorrer, mas que infelizmente são realidade.

 

O cinema também tem papel decisivo no aumento de cirurgia plástica entre homens. A imagem de personagens e atores mais velhos, como Tom Cruise e Bruce Willis, mas com corpos de fazer inveja a muitos jovens, acaba influenciando na hora de optar por uma cirurgia plástica – afinal, a maioria das pessoas não têm o tempo necessário para se exercitar e ficar com o corpo que desejam. Algo semelhante acontece com as mulheres, que são constantemente levadas a buscar um padrão de beleza determinado pela sociedade.

 

Com informações do site RealSelf. Leia a matéria original aqui (em inglês).

Crédito da foto: snowstice via Compfight cc

3 dicas para estar saudável na hora da Cirurgia Plástica

Seguir todas as recomendações médicas antes de passar por uma cirurgia plástica é fundamental. No entanto existem outras ações que podem ser tomadas antes para aumentar a segurança e melhorar os resultados da cirurgia. Veja três dicas separadas pelo site Smart Beauty Guide:

 

121-BX

 

Adote um estilo de vida saudável
Comer, se exercitar e dormir são três componentes importantes para ter um estilo de vida o mais saudável possível. Nos meses que antecedem o procedimento as pessoas devem evitar comportamentos e alimentos que possam impactar negativamente a realização da cirurgia. Álcool, cigarro, guloseimas e alimentos ricos em açúcar principalmente. Dê preferência aos vegetais e aos legumes, pois eles melhoram a saúde mental e cardiovascular.

 

Pesquise com antecedência
Exercitar seu corpo é fundamental, mas não se esqueça da sua mente – ela é tão importante quanto para o sucesso da cirurgia. Pesquise sobre o procedimento que vai fazer, conheça histórias de pessoas que já passaram pela experiência e compreenda de forma realista os resultados possíveis. Não adianta fazer a cirurgia e esperar ficar como aquela atriz ou ator que se admira. Discuta com seu cirurgião o procedimento, os desejos e pergunte bastante para tirar dúvidas e otimizar os resultados da cirurgia.

 

233-BX

 

Tenha conversas honestas com o cirurgião
Além de contar com um cirurgião credenciado pela SBCP e experiente, seja 100% honesto com ele. Não tenha vergonha de falar as coisas e seja verdadeiro quando responder a perguntas. Alguns fatores de risco podem afetar a cirurgia, como o histórico de saúde familiar, o consumo de cigarros e álcool, seu estado emocional. Algumas pessoas se sentem tímidas na hora de conversar com o cirurgião e acreditam que algumas coisas podem não influenciar na cirurgia, o que não é verdade. O cirurgião precisa ter um quadro completo a seu respeito para compreender bem qual o procedimento mais indicado, os riscos envolvidos e outras questões.

 

Com informações do Smart Beauty Guide. Leia o post original aqui (em inglês).

Foto: benjaminasmith via Compfight cc

Tenista romena faz cirurgia plástica e entra no top 5 mundial

Em 2008 a tenista romena Simona Halep conquistou aos 16 anos o título juvenil de Roland Garros, um dos torneios mais tradicionais do mundo. Apesar da carreira promissora, a jovem tinha um inimigo difícil de ser batido: seus seios maiores do que a média, que lhe causavam dores nas costas, reduziam sua mobilidade e prejudicavam seu desempenho. Foi então que Simona resolveu realizar uma cirurgia plástica de redução de mamas.

 

Foto antes da cirurgia plástica de redução de mamas.
Crédito da foto: Reprodução UOL/Getty Images

 

A tenista passou pelo procedimento aos 17 anos. Com um corpo mais proporcional e funcional graças à cirurgia plástica, Simona continuou a traçar sua trajetória de sucesso. Há um ano era a 57ª do ranking mundial e, quando voltou a disputar o torneio de Roland Garros – desta vez como profissional – já era a 4ª colocada. Fez um excelente torneio e acabou subindo mais uma posição, atingindo a 3ª colocação no ranking e recebendo elogios da imprensa especializada por sua evolução técnica.

 

Imagens após a cirurgia plástica de redução de mamas. Crédito da foto: Reprodução UOL Esportes/Getty Images

 

Este é um belo exemplo de como a cirurgia plástica pode devolver ou melhorar aspectos funcionais do corpo. É impossível dizer se ela manteria o mesmo desempenho sem ter feito a cirurgia, mas como a própria Simona afirmou que ela faria o procedimento mesmo sem ser tenista, deve ter feito grande diferença em sua vida.

 

Como nós sempre dizemos por aqui: cirurgia plástica é muito mais do que estética! Quer conhecer outros exemplos? Clique aqui e aqui.

 

Com informações do UOL Esporte. Leia a matéria completa aqui.

6 dicas para beber e curtir com responsabilidade

Curtir com responsabilidade é uma arte! Algumas vezes, na busca por relaxamento, as pessoas que apreciam bebidas alcoólicas acabam abusando. Além de causar danos à saúde, exagerar na dose pode trazer prejuízos sociais também.

 

Com o fim de semana batendo na porta é importante se lembrar que a bebida é uma fonte de prazer e não problemas. Por isso separamos algumas dicas do site britânico NHS Choices para ajudar a quem deseja aproveitar o final de semana, mas não quer perder a mão! Confira:

 

SONY DSC

 

Faça um plano

 

Estabeleça um limite antes de começar a beber. Lembre-se que o objetivo é se divertir e não ficar alcoolizado.

 

Respeite um orçamento

 

Defina previamente quanto irá consumir e leve dinheiro somente para o planejado.

 

Avise aos outros

 

Ter o apoio de amigos e da família é importante. Por isso, conte a eles sobre o seu plano! Isso tornará as coisas mais fáceis.

 

Doses menores

 

Beber doses menores permitirá aproveitar por mais tempo sem abusar da quantidade.

 

Prefira as fracas

 

Troque as bebidas fortes por outras com menor teor alcoólico.

 

Hidrate-se

 

Tome água antes, durante e após ingerir bebidas alcoólicas.

 

Consumir de forma consciente trará benefícios imediatos e em longo prazo. O primeiro deles, obviamente, é a ausência da dor de cabeça e do mal estar na manhã seguinte. Com o passar do tempo até a pele, seu coração, seu sistema imunológico e o seu sono passarão a serem melhores!

 

Com informações do NHS Choices.

 

Crédito das fotos:

 

Joel Olives via Compfight cc

É possível fazer refeições saudáveis mesmo fora de casa

Você costuma almoçar fora de casa? Saiba que mesmo fazendo as refeições em restaurantes durante a semana, dá para manter a alimentação saudável e a saúde em dia. É o que afirma a nutricionista Raquel Sanchez Franz, da Coordenação de Atenção à Saúde do Servidor do Ministério da Saúde. “O ideal é montar um prato equilibrado em nutrientes, proteínas, carboidratos, lipídeos, vitaminas, minerais e fibras”, comenta a profissional. Veja algumas dicas para manter uma alimentação saudável mesmo almoçando fora de casa:

 

201-BX

 

Sirva metade do prato de hortaliças – isso garante a quantidade adequada de vitaminas, minerais e fibras;

 

¼ do prato deve conter um alimento fonte de proteína - Carnes magras, frango, peixe e ovo são ótimas fontes de proteína. Além disso, é importante dar preferência pelas opções grelhadas, assadas ou cozidas. Evitar alimentos fritos e ricos em gordura;

 

O prato deve conter um alimento energético - Arroz integral, batata, massas, mandioca, inhame e cará são excelentes fontes de carboidratos e podem vir acompanhados de uma leguminosa como feijões, ervilha, lentilha, grão de bico ou soja, são fontes de proteína vegetal e também de fibras;

 

Arroz e Feijão combinação perfeita – é uma combinação perfeita de nutrientes. Especificamente os aminoácidos, eles são complementares e geram uma série de benefícios à saúde;

 

210-BX

 

Gotas de azeite fazem bem à saúde - “O azeite de oliva extra-virgem é fonte de gorduras mono e poliinsaturadas, conhecidas como gorduras boas. Adicionar umas gotinhas na refeição traz uma série de benefícios, principalmente à saúde cardiovascular. Lembrando que é importante moderar na quantidade de azeite, porque 1 colher de sopa possui aproximadamente 100Kcal.

 

O Ministério da Saúde disponibiliza para a população o Guia Alimentar da População Brasileira 2014. O manual orienta os brasileiros sobre os cuidados com a saúde e como manter uma alimentação saudável e balanceada. A principal recomendação do Guia este ano é pelo consumo de alimentos frescos, de procedência conhecida e utilizando como base da dieta alimentos in natura (de origem vegetal e animal), como carnes, verduras, legumes e frutas. O manual também recomenda que as pessoas optem por refeições caseiras e evitem a alimentação em redes de fast food (refeições prontas). Conheça o Guia Alimentar da População Brasileira 2014.

 

Fonte: Blog da Saúde – Ministério da Saúde

 

Crédito da fotos:

MediaCookery.com via Compfight cc

96dpi via Compfight cc

Cirurgia Plástica entre idosos

Será que o aumento da expectativa de vida leva a procura por mais cirurgias plásticas? Você faria uma quando chegasse à melhor idade?

 

Esta é uma pergunta interessante na medida em que o Brasil vê sua população envelhecer e começa a se preparar para uma nova realidade, em que idosos serão parte cada vez maior da sociedade – de acordo com previsões do IBGE o número de pessoas com mais de 65 anos deve ser de 58,4 milhões e a expectativa de vida deverá passar de 75 anos para 81 em 2060.

 

Uma pesquisa feita em Porto Alegre com pessoas com mais de 60 anos mostrou que 70% delas sentem alguma insatisfação corporal. Os homens gostariam de estar mais fortes e as mulheres mais magras. Com a autoimagem em baixa é comum que eles se descuidem: não fazem exercícios, são relapsos na hora de tomar medicamentos, se alimentam mal. Ou seja, envelhecem com menos qualidade de vida.

 

213

 

Neste cenário a cirurgia plástica pode ser uma forma de resgatar a autoestima de pessoas mais velhas e ajudá-las a ter uma vida melhor. Uma reportagem publicada pelo New York Times mostra que o número de pessoas acima de 65 que realizaram cirurgias plásticas aumentou: em 2010 foram 84.685 procedimentos, entre eles o lifting facial, cirurgias de pálpebr, redução de mama, lifting de mama e mamoplastia de aumento.

 

Os motivos para a busca variam. Alguns desejam se manter ativos no mercado de trabalho e desejam ter uma aparência mais jovial, outros buscam novos parceiros e querem se sentir mais atraentes e também há aqueles que acreditam que seus corpos devem ter aparência condizente com sua mente ativa e ainda jovem.

 

Mary Graham, de 77 anos, foi uma das entrevistadas na matéria. A dona de restaurante fez um lifting de face e implante de prótese mamária. “Eu trabalho sete dias por semana. Eu queria parecer tão jovem quanto eu me sinto”, explicou a empresária.

 

É claro que há uma questão de segurança. Se em toda cirurgia há riscos, em pacientes mais velhos a tendência é que isso se agrave. Alguns estudos analisaram os riscos do lifting de face em pessoas acima de 65 e concluíram que não há diferença substancial entre os riscos para uma pessoa mais velha do que para uma jovem (leia aqui e aqui, ambos em inglês).

 

214-BX

 

No entanto outros procedimentos que requerem anestesias gerais podem representar riscos maiores. Pacientes com mais idade pode demorar mais para se recuperar e os resultados podem não durar tanto tempo quanto em pessoas mais jovens. Isso levanta algumas questões sobre os benefícios reais versus os riscos envolvidos.

 

Enquanto o debate médico e social ocorre para decidir se a cirurgia plástica é recomendável e qual o papel do idoso na sociedade, o número de cirurgias continua a subir. O que você acha disso? Se fosse mais velho, faria uma? E por quê? Comente!

 

Com informações do New York Times e do IG Saúde.

Técnicas de tatuagem 3D reconstroem mamilos após mastectomias

Um estudo publicado na revista Plastic and Reconstructive Surgery, publicada pela Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, trouxe uma nova perspectiva para mulheres que passam por mastectomias e desejam realizar a reconstrução mamária: o uso de técnicas de tatuagem 3D para recriar mamilo e auréola. A técnica dispensa a realização de um novo procedimento cirúrgico e traz resultados estéticos superiores.

 

O uso de tatuagens não é exatamente novo para completar a reconstrução. Antes os próprios cirurgiões faziam o trabalho, usando uma cor mais clara para a auréola e outra mais escura para o mamilo. No entanto, com a evolução da tatuagem, foram desenvolvidas técnicas capazes de recriar com incrível realismo, inclusive com a projeção do mamilo e as glândulas de Montgomery da auréola.

 

“A técnica de reconstrução 3D do mamilo é, em nossa opinião, um avanço significativo na busca por resultados estéticos melhores para mulheres que realizam reconstrução mamária”, afirmaram os autores do estudo.

 

Outro fato ressaltado é que a técnica pode ser usada para outras áreas do corpo também, como nos lábios e sobrancelhas depois de uma reconstrução facial.

 

Veja um exemplo e comente abaixo: fica incrível, não?

 

reconstrucao mamaria - credito_reproducao_prs

Crédito da foto: Reprodução/Plastic and Reconstructive Surgery

 

Com informações do site da ASPS (leia aqui em inglês) e do Plastic and Reconstructive Surgery (leia aqui em inglês).

Back to Top