notícias

Capítulo de cirurgia crânio-maxilo-facial

por admin , julho de 2017

A Cirurgia Crânio-maxilo-facial (CCMF) é uma área de atuação médica reconhecida pela AMB desde 2005, sendo uma das 56 atualmente registradas.

O capítulo de CCMF foi criado dentro da SBCP em 1977 e desde o início apresentou importante atividade, na organização de eventos científicos dentro e fora dos congressos.

Também é de fundamental importância a criação em 1994 da Sociedade Brasileira de CCMF, que passou a se chamar Associação Brasileira de CCMF em 2008. Um grupo de renomados e experientes cirurgiões brasileiros esteve envolvido neste processo.

Como é de conhecimento de todos, esta área tem como uma de suas maiores características a interdisciplinaridade, permitindo a titulação de especialistas provenientes da cirurgia plástica, cirurgia de cabeça e pescoço e otorrinolaringologia. O período de formação complementar varia de 1 a 2 anos.

Dentro da atual importância e luta para valorização e recuperação da cirurgia reparadora dentro da cirurgia plástica, a CCMF apresenta-se como importante pilar, tendo em vista as amplas possibilidades de atuação que o treinamento complementar e a experiência adquirida nesta área permitem:

  • No tratamento das deformidades dento-faciais esqueléticas, em atividade integrada com ortodontistas e fonoaudiólogas, para a realização das cirurgias ortognáticas, funcionais e estéticas.
  • Nas deformidades e malformações congênitas crânio-faciais, sendo as fissuras lábio-palatinas as mais frequentes. Podemos citar também as craniossinostoses, microssomias, fissuras crânio-faciais atípicas, encefaloceles e outras condições relacionadas.
  • No trauma crânio-facial e suas sequelas. Em nossa opinião este é o segmento que concentra o maior potencial de crescimento e atuação para os cirurgiões plásticos, mesmo para aqueles que não tenham o treinamento complementar. Ao longo de vários anos, a diminuição do interesse por parte da nossa especialidade permitiu uma expansão significativa da cirurgia buco-maxilo-facial, especialidade da odontologia. Considerando-se questões legais, trata-se de área crítica para nossa atuação.
  • Tratamento das neoplasias benignas e malignas, seja do ponto de vista oncológico propriamente dito, no auxílio com acessos e técnicas de osteotomias e osteossínteses, bem como nas reconstruções associadas.
  • Tratamento dos transtornos da articulação têmporo-mandibular (ATM).
  • Transtornos do sono – Tratamentos cirúrgicos da síndrome da apnéia-hipopnéia obstrutiva do sono (SAHOS).
  • Trabalho com novas tecnologias, em conjunto com as empresas, tendo como exemplos a pesquisa de materiais, prototipagem de reconstruções e cirurgias, desenvolvimento de guias para osteotomias e osteossínteses, bem como placas, parafusos e próteses customizadas.

 

Os processos seletivos variam em sua composição, podendo ser realizadas provas específicas, além de entrevistas.
Maiores informações podem ser obtidas no site abccmf.org.br.

Estamos à disposição para outros esclarecimentos.
Um abraço

Daniel Francisco Mello

Regente do Capítulo de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial da SBCP

Dr_Daniel_Francisco_Mello

Veja todas as noticias