Category

Notícias

SBCP privilegia cirurgia plástica reparadora na programação do 12º Congresso do DESC

By | Notícias

Evento que reúne residentes e aspirantes ao título de especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, participam de palestras e mesas redondas tanto de temas científicos, como de assuntos pertinentes à especialidade

Por SBCP

Começou ontem, 08 de março, a 12ª edição do Congresso do DESC – Departamento de Serviços Credenciados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica no Hotel Maksoud, em São Paulo – SP. Após a abertura do evento, 308 aspirantes a cirurgiões plásticos realizaram pela manhã, a prova escrita do Exame para obtenção do Título de Especialista

Quem não fez as provas, pôde aproveitar as palestras e mesas-redondas que privilegiaram temas da cirurgia plástica reparadora. A diretoria da SBCP não deixou de fora das conferências, os temas de referência ao mercado de trabalho para o jovem cirurgião. Convidado pela SBCP, o presidente do Conselho Regional de Medicina de São Paulo (CREMESP), Lavínio Nilton Camarim, fez uma palestra sobre ética na cirurgia plástica. Já a secretária executiva da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) Rosana Leite de Melo, palestrou sobre as “Perspectivas da Relação MEC X SBCP na Busca da Excelência em Cirurgia Plástica”.

“Com o Congresso do DESC, reforçamos conceitos, aprimoramos os princípios científicos e éticos da cirurgia plástica e discutimos caminhos e soluções para problemas atuais, para tornarmos a cirurgia plástica cada vez melhor, segura e referência para o exterior”.

Níveo Steffen, Presidente da SBCP.

O Congresso do DESC 2018 termina hoje, 09 de março. Confira abaixo a galeria de fotos do 1º dia

Lipoaspiração

By | Notícias

Lipoaspiração é técnica cirúrgica consagrada e reconhecida da Cirurgia Plástica

Por SBCP

A lipoaspiração é um procedimento que pertence à área de atuação do Cirurgião Plástico, podendo ser indicada isoladamente ou como complemento de outras cirurgias. Certamente, a sua função mais conhecida está relacionada ao tratamento de acúmulos de gordura em algumas regiões do corpo, como o abdome, coxas, braços, cintura, submento, etc. Como qualquer cirurgia, a sua realização exige uma série de precauções e critérios de segurança. A seguir, listamos algumas etapas referentes à lipoaspiração:

Etapa 1 – Anestesia

Envolve a administração de alguns medicamentos pelo anestesista durante o ato operatório. Muito mais do que evitar a dor e o desconforto, o anestesista é um médico altamente treinado para entender as respostas do nosso organismo e, desta forma, garantir a segurança do paciente durante a cirurgia. Os tipos de anestesia empregados para a liposapiração são: a anestesia geral, a peridural, a raqui, a sedação, ou até mesmo a anestesia local.

Etapa 2 – Incisão

A lipoaspiração é realizada através de pequenas incisões, suficientes para permitir a entrada da cânula. Primeiramente, uma solução líquida estéril é infundida para reduzir o sangramento e facilitar a retirada de gordura. Em seguida, a cânula é inserida através das incisões para “quebrar” e aspirar os lóbulos de gordura, utilizando um movimento controlado de vaivém. Esta gordura pode ser descartada ou novamente injetada em áreas onde desejamos aumentar o volume.

Etapa 3 – Resultados

A melhora do contorno corporal começará a aparecer quando o edema (inchaço) diminuir. A eliminação deste líquido é progressiva, mês a mês, e devemos ter paciência e respeitar os limites do nosso organismo. A drenagem linfática pode ser um aliado importante na recuperação, mas deve ser sempre indicada pelo seu médico, e realizada por profissionais capacitados. É importante salientarmos que a lipoaspiração não é um tratamento para a obesidade, e não substitui a prática de exercício físico e bons hábitos alimentares. Se estas rotinas não forem seguidas o tecido adiposo que permaneceu pode sofrer uma hipertrofia (crescer), prejudicando ou até mesmo anulando o resultado obtido.

Revista Brasileira de Cirurgia Plástica tem novo sistema de submissão de artigos

By | Notícias

Já está no ar o novo sistema de submissão de artigos da Revista Brasileira de Cirurgia Plástica (RBCP) que irá facilitar a maneira de submeter artigos.

Por SBCP

O novo layout está simplificado e mais intuitivo e agora é responsivo, ou seja, se adequa a qualquer dispositivo: smartphone, tablet, notebook ou desktop. Confira abaixo outras melhorias do novo sistema:

  • Trabalha com upload, agora é possível anexar o doc. e não mais copiar/colar o conteúdo do artigo;
  • Associação com o ORCID;
  • Copyright eletrônico (termo de aceite dos critérios da RBCP);
  • Auxilia o autor na inserção e edição de imagens (disponibiliza um programa para manipulação das imagens).
SUBMISSÃO

  • A submissão de artigos do GNPapers oferece uma interface autoexplicativa ao prover informações contextualizadas ao usuário. Basta o usuário posicionar o cursor do mouse sobre um ícone, botão ou link que um balão informativo orientará o procedimento esperado. Além disto, em outras etapas da submissão o sistema apresenta bons e maus exemplos aos autores.
FACILIDADES PARA AUTORES

  • Design moderno, simples e prático;
  • Cadastro de autores aberto e simples;
  • Interface nos idiomas português e inglês;
  • Submissão de artigos em conformidade com o padrão do SciELO e PMC;
  • Validação da qualidade das imagens;
  • Consulta em tempo real na base de descritores do DECS (para revistas na área de saúde);
  • Permite ao autor informar conflito de interesse, financiamento, número de aprovação de Comitê de Ética ou número do registro do ensaio clínico (para revistas na área da saúde).
AUTORES PODEM CORRIGIR SEUS ARTIGOS FACILMENTE

  • Ao ser chamado a corrigir um artigo, o autor receberá os pareceres dos avaliadores. Também é possível que os revisores e/ou editores façam comentários em partes do documento, tornando o processo de correção muito mais rico do ponto de vista do autor. O autor poderá responder a cada critério de revisão adotado, conferindo mais transparência ao dar a possibilidade de informar a realização de uma correção, ou mesmo de justificar a não realização da sugestão dos revisores ou editores.

Mães que estão amamentando podem realizar tratamento estético?

By | Notícias

É muito comum logo após o parto algumas mamães procurarem tratamentos estéticos para recuperarem as curvas que tinham antes da gestação.

Por SBCP

Em outros casos, correm para melhorar a aparência da pele devido as manchas que surgiram durante a gravidez. Segundo o conselho médico, para os casos de tratamentos invasivos a mulher deve esperar no mínimo três meses após o fim da lactação, ou seis meses depois do parto nos casos de mães que não amamentaram.

De qualquer forma, para os tratamentos não invasivos, e graças a tecnologia avançada que temos, combinada à capacitação dos profissionais da área, alguns tratamentos estéticos são permitidos no período de amamentação, como os tratamentos faciais, por exemplo, que não têm restrição de tempo. Mas é bem possível que você se depare com médicos que indiquem esperar o término do período de amamentação para qualquer tratamento, por menor que seja.

Caso haja um incômodo muito grande da qual esteja refletindo na saúde emocional da mulher, procure um cirurgião plástico para debater sobre o assunto e entender se é possível algum tratamento e até quando a mamãe deve esperar.

Envio de Trabalhos – DESC 2018

By | Notícias

Durante os dias 08 e 09 de março de 2018 (quinta e sexta-feira), a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), realizará o 12º CONGRESSO DO DESC, que acontecerá no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo-SP.

Por SBCP

Este ano estamos uniformizando a sistemática de envio de trabalhos para o DESC 2018, no mesmo modelo dos trabalhos para o Congresso Brasileiro.

Neste sentido, a SBCP gostaria de convidá-lo(a) para enviar seu trabalho científico, para análise e seleção da Comissão Científica do evento, conforme normas específicas, abaixo:

Normas para envio de Trabalho Científico:

  1. Data limite para envio dos trabalhos: 26 de janeiro de 2018.
  2. Os trabalhos só poderão ser submetidos para o Congresso do DESC pela internet, por meio do link:
    http://sgpcongressos.com.br/desc-2018/sgp/
  3. Informar o nome do Serviço Credenciado a que pertence, o nome do Regente, o nome do Autor do trabalho e nomes de até 05 coautores (limite máximo).
  4. Cada residente/estagiário, só poderá enviar 01 (um) trabalho como autor e até 03 (três) como coautor.
     INFORMAÇÃO IMPORTANTE: Somente o autor poderá apresentar o trabalho.
  5. O endereço de e-mail do autor deverá ser o mesmo do cadastro da SBCP, portanto, pedimos que mantenha seu cadastro atualizado.
  6. Haverá premiação aos três melhores trabalhos científicos.

Bento Gonçalves sedia 13º Congresso do Conesul – FILACP

By | Notícias

Cirurgiões plásticos do Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai estão reunidos desde ontem, 07 de dezembro, No Spa do Vinho, localizado na cidade gaúcha de Bento Gonçalves (RS), onde participam da 13ª edição do Congresso do Conesul – FILACP, evento que ocorre a cada dois anos e sediado em países e cidades diferentes, organizado pelas sociedades de cirurgia plástica locais.

Em 2017 a organização é da SBCP e marca a sua forte união com a FILACP no último biênio, em busca de uma integração científica latino-americana para fortalecer a especialidade, rompendo fronteiras para abordar e buscar soluções para problemas comuns à cirurgia plástica dos vários países participantes da FILACP.

A sessão solene de abertura marcou o início do Congresso e começou parabenizando aos especialistas pelo Dia do Cirurgião Plástico e a SBCP pelos seus 69 anos.

Compuseram a mesa, o presidente da SBCP, Luciano Chaves; o presidente da FILACP, Guillermo Vasques; o secretário geral da SBCP e presidente eleito para o biênio 2018/2109, Niveo Steffen; o presidente da SBCP-RS, Eduardo Mainieri Chem; o diretor de eventos científicos da FILACP, José Yoshikazu Tariki; o secretário geral do Departamento de Eventos Científicos da SBCP, Eduardo Nigri; o diretor de relações internacionais da FILACP, Romulo Guerrero Viscunha; o chanceler da SBCP, Nelson Sarto Piccolo e o secretário de turismo de Bento Gonçalves, Rodrigo Parisotto, que representou o prefeito da cidade.

O secretário de saúde de Bento Gonçalves e as representantes do Bento Gonçalves Convention Bureau, Sabrina Cardoso e Daniele Araújo, também estiveram presentes na solenidade de abertura.

Confira os principais momentos do primeiro dia do 13º Congresso do Conesul FILACP. O evento acontece até o dia 09 de dezembro.

Presidente da SBCP participa de audiência pública em Brasília sobre intercorrências em lipoaspiração

By | Notícias

O assunto tem ganhado notoriedade na Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e da Comissão de Seguridade Social e Família e abre espaço para discussão da Defesa da Especialidade

Por SBCP

O presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Luciano Chaves, participou na tarde desta terça-feira, 05 de dezembro, de uma audiência pública da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, na Câmara dos Deputados, em Brasília, para debater intercorrências e óbitos em consequência da lipoaspiração.

Chaves explicou que a técnica de realizar a lipoaspiração é única, mas que existem várias metodologias que podem minimizar ou ampliar a possibilidade de intercorrências. O presidente aproveitou para explicar sobre a invasão da especialidade que tem aumentado consideravelmente o número de intercorrências e óbitos e explicou o Projeto Nacional de Defesa da Especialidade, criado no início de sua gestão em 2016.

Ao lado da representante do Conselho Federal de Medicina (CFM), Rosylane Nascimento das Merces Rocha, do dermatologista Érico Pampado Di Santis, da pesquisadora Centro Cochrane do Brasil, Daniela Panchito e das deputadas Carmen Zanotto e Pollyana Gama, Luciano Chaves discutiu a atuação de outras especialidades atuando na cirurgia plástica e o aumento de intercorrências e óbitos e defendeu a notificação compulsória e a mudança na legislação para coibir a atuação de não especialistas e aumentar a segurança dos pacientes.

Ação Humanitária faz reconstrução mamária gratuita em Vassouras

By | Notícias

No último final de semana, dias 24 e 25, oito mulheres mastectomizadas fizeram a cirurgia de reconstrução mamária gratuitamente, em uma ação humanitária realizada pelo Hospital Universitário de Vassouras, com o apoio da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), SBCP-RJ e Fundação IDEAH.

Ao todo, 10 cirurgiões plásticos estiveram envolvidos, além de uma equipe multidisciplinar. A ação contou com a participação do Hospital do Fundão e a Liga de Cirurgia Plástica, Estética e Reparadora da Universidade Severino Sombra, mantenedora do Hospital Universitário de Vassouras.

A primeira ação humanitária para reconstrução mamária na cidade de Vassouras aconteceu em março de 2014.

Enviado por TypeApp

Equipe de cirurgioes , Residentes, alunos da liga de cirurgia plástica
Equipe de cirurgioes , Residentes, alunos da liga de cirurgia plástica
Equipe cirurgia. João Medeiros, Carlos Porchat, Ivan Demolinari, Leopoldo Menezes
Equipe cirurgia. João Medeiros, Carlos Porchat, Ivan Demolinari, Leopoldo Menezes