cirurgias e procedimentos

header_implante_facial

Implantes Faciais

Implantes faciais trazem equilíbrio e melhor proporção para a aparência estrutural do rosto. Se você se sente incomodado por ter um queixo pequeno, mandíbula pouco marcada ou falta do contorno facial, a cirurgia plástica com implantes faciais pode beneficiá-lo.

Beleza para a vida

Melhore a aparência com os implantes faciais

A aparência do seu rosto é determinada por três componentes básicos: pele, tecidos moles e ossos. Se a estrutura do seu rosto é desproporcional – o queixo/mento é rebaixado, a mandíbula indefinida ou as bochechas são planas – estas características podem afetar significativamente a sua autoimagem. Características faciais definidas, contornos visíveis e ângulos naturais que sejam proporcionais criam um equilíbrio estrutural em seu rosto e uma aparência mais atraente. Se você se sente incomodado por ter um queixo pequeno, mandíbula pouco marcada ou falta do contorno facial, a cirurgia plástica com implantes faciais pode beneficiá-lo. Embora qualquer área do seu rosto possa ser aumentada com implantes, as maçãs do rosto, o queixo e a mandíbula são os locais mais comuns para receber implantes faciais. Os implantes faciais trazem equilíbrio e melhor proporção para a aparência estrutural do rosto. Eles definem o rosto, aumentam a projeção e criam características mais distintas.

É indicado para mim?

A cirurgia plástica com implantes faciais é melhor realizada em pessoas cuja cabeça e crânio atingiram a maturidade física, o que ocorre, geralmente, no final da adolescência.

Este procedimento é uma boa opção para você se

• Você estiver fisicamente saudável,
• Você não fuma,
• Você tem perspectivas positivas e expectativas realistas do procedimento.

O que são implantes faciais?

Implantes faciais são confeccionados a partir de material biocompatível projetados para melhorar ou aumentar a estrutura física do seu rosto. O tipo e o tamanho precisos dos implantes mais adequados para você requerem avaliação de seus objetivos, das características que deseja corrigir e avaliação do seu cirurgião.

Implantes de queixo

aumentam o tamanho e a projeção de um queixo que não se projete em proporção com a testa e terço médio da face. Pessoas com queixo pequeno, muitas vezes, são definidas como aquelas que apresentam o queixo e o pescoço como uma só estrutura, sem definição, sendo um o prolongamento do outro.

Implantes de mandíbul

aumentam a largura do terço inferior do rosto. Da mesma maneira que o queixo, uma mandíbula que não seja demarcada dá a mesma ,impressão de continuidade estrutural com o pescoço. Em alguns casos, tanto o queixo quanto a mandíbula podem contribuir para o desequilíbrio facial.

Implantes de bochecha

aumentam a projeção das maçãs do rosto, acrescentando volume.

Simetria entre características faciais é parte de seu objetivo

Os implantes faciais podem ser recomendados para aumentar mais de uma região facial. É importante lembrar que o rosto de todos nós não é simétrico, sendo que o resultado também não será de total simetria. O objetivo é criar equilíbrio e proporção. O seu procedimento pode ser realizado isoladamente ou como complemento de demais procedimentos de contorno facial tais como a cirurgia do nariz ou da orelha

O que saber antes de se submeter à cirurgia

O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem muito de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

Esteja preparado para discutir

• A razão pela qual quer fazer a cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado,
• As condições médicas, alergia medicamentosa e tratamento médico,
• Uso atual de medicamento, vitamina, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas,
• Cirurgias prévias.

O cirurgião também poderá

• Avaliar o seu estado geral de saúde e todas as condições pré-existentes de saúde ou fatores de risco,
• Examinar e medir o seu corpo, incluindo medições detalhadas,
• Fotografar para prontuário médico,
• Discutir as opções e recomendar a mais adequada,
• Discutir possíveis resultados da cirurgia e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Preparando-se para a cirurgia

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

• Fazer exames de laboratório ou avaliação médica,
• Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,
• Parar de fumar com bastante antecedência à cirurgia,
• Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Instruções especiais

• O que fazer no dia da cirurgia (tempo de jejum, medicamentos, banho),
• Informações sobre o tipo de anestesia a ser realizada durante o procedimento cirúrgico,
• Orientações sobre os cuidados pós-operatórios.

Riscos e informações de segurança

A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis.

Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

Possíveis riscos da cirurgia

• Cicatrizes desfavoráveis,
• Sangramento (hematoma),
• Infecção,
• Acúmulo de líquido (seroma),
• Riscos anestésicos,
• Má cicatrização,
• Necrose de pele,
• Dormência ou demais alterações de sensibilidade na pele,
• Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado,
• Assimetria,
• Deiscência (reabertura de uma ferida previamente fechada)
• Flacidez residual da pele,
• Dor, que pode perdurar,
• Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares,
• Firmeza ao redor dos implantes,
• Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.

Faça perguntas

É importante que você tire todas as suas dúvidas diretamente com o cirurgião plástico. É natural que sinta um pouco de ansiedade, seja expectativa com o resultado ou estresse pré-operatório. Não tenha vergonha de discutir estes sentimentos com seu cirurgião plástico.

Onde deve ser realizada a cirurgia?

O procedimento deve ser realizado em local seguro e confortável para o médico e o paciente, em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

Onde deve ser realizada a cirurgia?

O procedimento deve ser realizado em local seguro e confortável para o médico e o paciente, em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

Serão dadas instruções especiais, incluindo

Como cuidar de seu rosto após a cirurgia, os medicamentos que tem de aplicar ou tomar por via oral para ajudar a cicatrização e reduzir o risco de infecção, e acompanhamento pós-operatório com o seu cirurgião plástico.

Você precisará de ajuda

Não deixe de pedir a alguém que a acompanhe e fique com você, pelo menos, a primeira noite, após a cirurgia.

Ao receber alta

Se você sentir falta de ar, dores no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional.

Seja cuidadoso

Seguir as recomendações de seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam submetidas à força excessiva, à escoriação, ou ao movimento durante o tempo de cicatrização.

O que acontece durante a cirurgia?

Etapas do Procedimento

Etapa 1 – Anestesia

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão

Queixo: Para um implante de queixo, a incisão pode ser dentro da boca, ao longo da prega/vinco que une o lábio inferior e gengivas. Uma incisão logo abaixo do queixo é uma alternativa.

Queixo: Para um implante de queixo, a incisão pode ser dentro da boca, ao longo da prega/vinco que une o lábio inferior e gengivas. Uma incisão logo abaixo do queixo é uma alternativa.

Mandíbula: Estes implantes são geralmente colocados pela boca com incisões dentro da boca, mais atrás ao longo da linha do maxilar, no vinco/prega onde a parte interna da bochecha e a da gengiva se encontram.

Bochecha: A área específica a ser aumentada na bochecha determina onde o implante irá ser posicionado na face. Implantes de bochecha são mais frequentemente colocados através de incisões na boca. Quando realizadas com demais procedimentos, as incisões alternativas podem ser recomendadas incluindo a colocação através de uma incisão dentro da pálpebra inferior ou no couro cabeludo

Etapa 3 – Fechando as incisões

As incisões serão fechadas com suturas absorvíveis ou pontos que serão removidos dentro de 1-2 semanas após a cirurgia.

Etapa 4 – Veja os resultados

Embora o resultado da cirurgia seja visível quase imediatamente, o mesmo é obscurecido pelo inchaço. Pode levar vários meses para o inchaço desaparecer completamente.

Recuperação pós-operatória

Faça perguntas ao cirurgião plástico sobre o que esperar do período de recuperação:

• Onde vou permanecer em recuperação após o término da cirurgia?
• Qual medicação me será dada ou prescrita após a cirurgia?
• Será necessário curativo após a cirurgia? Quando será removido?
• Os pontos serão removidos? Quando?
• Quando poderei retomar minhas atividades normais e exercício físico?
• Quando será a consulta de retorno?

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir ótimos resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

Resultados

Os resultados finais da cirurgia de implante facial serão a longo prazo. A fase inicial de cicatrização pode apresentar inchaço localizado, descoloração, dormência ou desconforto. Além disso, os movimentos faciais podem ser temporariamente limitados ou comprometidos. Estas situações são condições comuns.

Qual o custo da cirurgia de implante facial?

O custo é sempre uma consideração em cirurgia eletiva. Os honorários de um cirurgião podem variar de acordo com a sua experiência e o tipo de procedimento realizado.

O custo pode incluir:

• Honorários do cirurgião,
• Gastos com hospital ou centro cirúrgico,
• Honorários do anestesista,
• Custo do implante,
• Gastos com medicamentos,
• Malhas pós-operatórias,
• Exames médicos.

Sua satisfação vale mais que os custos da cirurgia

Ao escolher um cirurgião plástico para realizar este procedimento, lembre-se de que a experiência do cirurgião e seu bom relacionamento com ele são tão importantes quanto o custo final da cirurgia.

Glossário

• Materiais biocompatíveis: Material sintético ou natural usado em implantes faciais e confeccionado para ser usado juntamente com o tecido vivo.
• Incisões externas: Incisões cirúrgicas feitas na superfície da pele.
• Anestesia geral: Drogas e/ou gases utilizados durante a cirurgia para aliviar a dor e diminuir a consciência.
• Incisões intrabucais: Incisões cirúrgicas feitas no interior da boca.
• Sedação intravenosa: Sedativos administrados por injeção na veia para ajudar a relaxar.
• Anestesia local: Droga injetada diretamente no local de uma incisão durante a cirurgia para aliviar a dor.

Faça perguntas ao cirurgião plástico

Use esta lista como um guia durante a consulta:

• Você é especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica?
• Você foi treinado especificamente no campo da cirurgia plástica?
• Quantos anos de treinamento em cirurgia plástica você teve?
• A instalação da sala de procedimento em seu consultório é autorizada pela Vigilância Sanitária de sua cidade?
• Sou um bom candidato a este procedimento?
• O que se espera de mim para que os melhores resultados sejam obtidos?
• Onde e como será realizado o procedimento?
• Qual técnica cirúrgica é recomendada para o meu caso?
• Quanto tempo de recuperação posso esperar, e que tipo de ajuda vou precisar durante minha recuperação?
• Quais são os riscos e as complicações associados ao meu procedimento?
• Como são tratadas as complicações?
• Quais são minhas opções se estiver insatisfeito com o resultado estético do procedimento?