notícias

Senado aprova projeto que assegura cirurgia de simetria dos seios no SUS

por admin , novembro de 2017

Pela proposta, unidades públicas ou conveniadas ao SUS e planos de saúde deverão realizar esse tipo de procedimento

 

O Senado aprovou nesta quarta-feira (8) um projeto que assegura a mulheres vítimas de câncer de mama a realização, em unidades públicas ou conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), de cirurgia para garantir a simetria dos seios.

O projeto, que tem origem na Câmara, foi alterado pela relatora da proposta no Senado, Marta Suplicy (PMDB-SP), e, por isso, precisa ser reexaminado pelos deputados. Depois da nova análise, se aprovada, a proposta seguirá para sanção presidencial.

Atualmente, a legislação estabelece que o SUS deve oferecer cirurgia plástica reconstrutiva de seio a mulheres que sofrerem mutilação total ou parcial de mama, decorrente de utilização de técnica de tratamento de câncer.

“A mama reconstruída, contudo, nunca será igual à mama que foi removida. Nesse sentido, procedimentos de redução, elevação ou aumento podem ser indicados para a mama oposta, de forma a manter a simetria entre elas”, argumentou Marta Suplicy.

O relatório da peemedebista acrescentou ao projeto a previsão de que planos e seguros privados de saúde também deverão cobrir a cirurgia de simetrização de mamas.

“A reconstrução da mama e a simetrização da mama contralateral são procedimentos recompensadores para a mulher que sofreu mastectomia, com impactos extremamente positivos na autoestima, autoconfiança e qualidade de vida”, justificou a relatora.

 

FONTE: Gazetaweb - http://gazetaweb.globo.com/portal/noticia/2017/11/senado-aprova-projeto-que-assegura-cirurgia-de-simetria-dos-seios-no-sus_43682.php

Veja todas as noticias